pulgas

Pulgas

São muito pequenas, com cerca de 3 mm e são avermelhadas ou acastanhadas. Podemos vê-las a olho nu, mas não é fácil. Às vezes, escondem-se debaixo do pelo e só conseguimos ver uns pontos vermelhos que são as suas fezes.

Só 39% dos gatos com pulgas se coça (Visser et al. 2001) e por isso é difícil detetar a olho nu se o seu gato está infetado, o normal é que não note nada de especial e ele esteja em perigo…por isso é importante atuar com prevenção!

Como é que o meu gato pode ter pulgas se não sai de casa?

As pulgas podem entrar na sua casa através do calçado, da roupa ou mesmo dos pássaros que pousam na varanda. 1 em cada 2 proprietários de gatos com pulgas não sabia que o seu gato as tinha. (Bond et al. 2007)

Ciclo da pulga (ovos, larvas, pupas e pulgas adultas)

huevos

Ovos

Cada pulga pode por mais de 25 ovos por dia.
Até 2.000 durante toda a sua vida!
São de cor esbranquiçada e caem do gato contaminando a
casa (o chão, os tapetes, a terra do jardim, …).

Podemos encontrá-los por todos os lugares onde o nosso gato se movimente.
Dependendo da temperatura e da humidade, podem demorar entre 1 a 6 dias a eclodir.

larvas

Larvas

Quando o ovo eclode, saem pequenos vermes que são as formas larvares das pulgas.
Alimentam-se de descamações, das fezes das pulgas e de restos de matéria orgânica.

Escondem-se em todas as fendas e buracos que possamos imaginar, evitando a luz.
Demoram entre 5 a 11 dias a passar à fase seguinte: a pupas.

pupas

Pupas

Nesta fase a larva rodeia-se de uma espécie de carapaça completamente isolada.

Assim, resiste entre 8 a 325 dias até que as condições sejam as adequadas para deixar sair uma nova pulga adulta pronta para picar. Por isso, podem esperar nas casas de férias de um ano para o outro.

Logo que as vibrações e o CO2 lhe indique a presença de um hospedeiro por perto, a nova pulga sairá.

pulga

Pulgas adultas

Quando as pulgas adultas parasitam o gato vão picá-lo para sugar o seu sangue e alimentar-se.

Cada pulga pode ingerir uma quantidade de sangue que equivale até 15 vezes o seu peso! Por isso vemos as suas fezes avermelhadas.



carraças

Carraças

A sua presença é pouco frequente nos gatos.
No entanto, quando aparecem, são fáceis de ver, não se movem sobre o animal, alojam-se num lugar onde sugam o sangue continuamente. Mas antes de se começarem a alimentar e a engorgitar, podem ser difíceis de detetar.

Estes parasitas encontram-se nas zonas do animal onde a pele é mais fina e apresenta maior irrigação sanguínea: nas orelhas, à volta dos olhos, entre os dedos das extremidades, na nuca, no pescoço, entre outros lugares.



Ciclo da carraça (ovos, larvas, ninfas, e adultos)

O ciclo de vida das carraças conta com 4 fases de desenvolvimento: ovo, larva, ninfa e adulto.
Em condições favoráveis, o ciclo biológico da carraça desenvolve-se em apenas dois meses.

huevos

Ovos

Cada carraça fêmea põe entre 3.000 e 4.000 ovos. Para isso deixa o hospedeiro (o gato).

larvas

Larvas

Logo que os ovos eclodem no ambiente, nascem as larvas, que procuram o gato para alimentar-se do seu sangue. Dependendo do tipo de carraça, a larva poderá subir pouco e parasitará animais mais pequenos, como pássaros e roedores.

ninfa

Ninfas

Uma vez que a larva parasita o gato, muda para transformar-se em ninfa, que também começa a procurar um fornecedor de alimento para parasitar. As ninfas já podem subir um pouco mais, assim podem parasitar animais maiores, como os coelhos. Logo que se tenham alimentado, deixam-se cair para o ambiente para continuarem a evoluir.

carraça adulta

Carraças adultas

A forma adulta volta a subir para o gato para alimentar-se novamente.
As carraças começam a alimentar-se poucas horas depois de terem subido e vão alimentar-se durante vários dias.

Em 5 a 7 dias, uma carraça adulta fêmea pode crescer até 4 vezes de tamanho e aumentar umas 100 vezes o seu peso. Além de se alimentar, as formas adultas também acasalam em cima do animal.
Depois de 5 a 14 dias, a fêmea abandona o gato para deixar milhares de ovos ao seu redor.